Estávamos na Luz Houses. Tanto amor encheu-nos a barriga. Tínhamos provado de tudo. Precisávamos de digerir isso. Primeira visão, 2 bicicletas mesmo à porta da mãe casa. Duas bicicletas clássicas a olhar para nós. Mesmo a calhar. Antigas mas com aspeto. Clássicas mas muito bem conseguidas. Selim bem clássico e bem português. Tabor. De tocar até parece desconfortável mas depois de sentar, vemos que apesar do toque ser duro é confortável. Umas molas e uma espécie de pele conseguiam este feito. Travões tinha. Não vimos nenhum cabo e intrigou. Era um sistema que nunca tínhamos visto. Conjunto de ferros puxados diretamente pela alavanca da manete de travão. Não travava muito, mas o suficiente e necessário mas evitar que tivéssemos problemas principalmente por excesso de travagem.

Fomos até visitar as ovelhas e aguardamos um pouco na ermida. Uma pequena capela. Simples, linda e moderna. De frente uma grande janela que iluminava toda a capela. Estava nova e os bancos eram de palha forrada numa pequena pelicula. Tiveram o cuidado de deixar mantinhas para quem visitasse se sentisse confortável. Santos não tinha, mas a paz sentia-se mal se entrava. Curiosa a abordagem, mas é curioso que a calma se fazia sentir. pouco tempo depois, ainda mais calmos fomos. Fomos explorar mais um pouco. Tinhamos mesmo que digerir tudo isto. Assim foi. Começamos a pedalar bem devagar pelo pequeno trilho que nos levava para fora. Não andamos muito. Não sabíamos onde ia dar e se tinha continuação. Passado pouco tempo paramos e usufruímos deste local. Decidimos voltar. Com calma. Tínhamos de estar Muito calmos para digerir. Boa comida, local lindo ainda para mais tínhamos que digerir que tínhamos de ir embora. Fomos até à receção para nos despedirmos. Fomos deixar o nosso testemunho como tantos outros. Duas pequenas árvores com mensagens lindas de várias pessoas. Para os proprietários ou apenas o sentimento que esta casa lhes deixou. Nós vamos fugir, mas desta vez gostávamos era de voltar. O Sítio era memorável.

Link para o site: Luz Houses

You May Also Like

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *