Dizem que está na moda, dizem também que é famosa. Quer dizer, para alguns sim. Para nós não é nada disso. Visitamos as famosas ondas. Publicidade por todo o lado, é certo, mas na verdade ondas nem vê-las. Dizem também que os surfistas famosos é lá que param. Não os vimos. Tivemos que conhecer melhor. Ainda bem que o fizemos. Basta ir ao miradouro e vemos que estamos perante algo único. Estamos no céu e acima de tudo. A Nazaré está aos nossos pés e é linda. A praia em forma de baía. As casas organizadas e a olhar para o mar. Lá em baixo de tudo um pouco, mas mais importante a linda água que pedia uns mergulhos. Não foi desta vez, mas é certo que um dia não irá escapar. Passeamos na baía. Pequenos bares, cheios dizem muito deste local. A vida era para se viver e sair de casas. Os bares estavam cheios e as pessoas nas ruas. Aqui respira-se vida. Continuamos a passear e gelatarias piscavam os olhos. Pecamos e não resistimos. A ginja terá de ficar para outro dia. O vento não nos demoveu e continuamos. Conhecemos as senhoras das 7 saias. Genuínas e sobretudo fortes e com umas pernas bem tratadas. Algum segredo esconderá debaixo daquelas saias. Na Nazaré, não provamos o famoso peixe, mas seguramente o iremos fazer não tarda. Ficamos com a sensação de ir a Roma e não ver o papa. Com localidade tão bonita, voltar não será problema. Com a azáfama de certas temporadas, o ideal é mesmo fugir antes que venham todos outra vez.

Ideias para si…

O que fazer: Praia, Surf, passeio de bike do Camping à praia da Vieira, Paddel, Moto4 no pinhal.
O que comer: Peixe assado na brasa. Gelado artesanal numa das geladarias da marginal
Onde ficar: NaturPark camping
O que evitar: Fazer planos