Hotel Minho, finalmente um fim de semana com tempo excelente.
Não podiamos acordar mais animados. Fomos até à varanda e a vista para piscina e terraço diziam que o dia ia ser muito bem passado. Primeiro era preciso ir carregar forças e tomar um pequeno-almoço bem reforçado. O nosso foi !
Não conseguimos resistir. Para além da variedade e oferta era tudo tão caseiro. Desde as compotas ao mel passando por outros pequenos prazeres, tudo era muito bom. É possível que tenha sido um dos melhores e das coisas que mais gostamos aqui.
A decoração, as mesas e até a claridade e vista da sala nos fizeram com que nos soubesse ainda melhor. Não há melhor maneira de começar o dia. Obrigado!!
Após isto queriamos ir conhecer melhor esta zona e sendo nós apaixonados pela bicicleta foi o que decidimos fazer.
Saibam que pertence também à rede bikotel, se viajarem com bicicletas, o hotel terá de tudo para vos receber.
Nós pegamos nas bicicletas do hotel (eram de qualidade e estavam bem afinadas) e fomos até à ecopista do Minho. Era já a saída do hotel e estava muito bem sinalizada com tabuletas de madeira.
Fomos até Valença e voltamos (vai até Monção). Foi um passeio no verdadeiro sentido da palavra o percurso é plano e sempre junto ao rio. É muito bonito e fresco, com muitos sítios para fazer pic-nic e fotografar.
Aproveitamos para conhecer um pouco das muralhas de Valença e refrescar um pouco da garganta.
Não demoramos muito a voltar pois ainda queriamos aproveitar um pouco da piscina. Não custou muito voltar e se fosse o caso, existia um numero de apoio para regressar.
Estava um dia de Sol muito bom e finalmente o calor. Relaxamos finalmente na piscina nas esperguiçadeiras. Pedimos uns mojitos (estavam muuuuuito bons) e trincamos algo. “This is life”. Também merecemos.
Foi uma tarde bem passada entre mergulhos mas ia acabar de maneira ainda melhor.
Uma massagem relaxante no SPA. É um dos melhores que se pode encontrar. O espaço é do mais bonito que se possa imaginar.
Muito enquadrado com o resto do Hotel Minho. Tem salas bonitas e variadas e todas nos deixam bastante calmos, seja pela luz, temperatura ou mesmo pela decoração.
Não fizemos nenhum dos tratamentos mas na próxima oportunidade não vai escapar, pois ficamos muito curiosos principalmente com a vinoterapia de uva vinho verde que é única em Portugal e já agora faz todo sentido não fosse esta a zona do famoso vinho verde. Exploramos mais um pouco e ficamos com vontade de experimentar quase tudo.
O turco, a sauna, a banheira ou mesmo a piscina exterior com a sua fonte. É tudo tão calmo e bonito… Desta vez fizemos uma massagem de relaxamento. A dois. A Ana e a Alexandra tinham umas mãos de fada e se já estávamos bem, ficamos perfeitos. Deixaram-nos sempre à vontade e foram sempre muito meigas.
No fim completamos com um chá na sala de relaxamento. Já não queríamos ir embora.
Para terminar o dia, faltava só jantar. Sugeriram descer a rua e experimentar o restaurante Braseiro do Minho.
É um restaurante tradicional com alguns toques gastronómicos modernos de autoria do conhecido chefe Vinagre.
É muito frequentado por espanhóis que adoram as iguarias portuguesas e no fim ainda podem ouvir um pouco de música ao vivo e dar um pé de dança. Nós vínhamos relaxados demais e preferimos voltar para o hotel minho e usufruir da sala do bar e depois ir para a nossa cama tão boa. “Amanhã não precisamos de acordar cedo”, vai ser mais um motivo para  acordarmos com um sorriso. E foi mesmo! O dia foi todo passado na piscina porque estava boa demais. Custou ir embora, mas sabemos que teremos de voltar, que não vos faltem motivos para fugir. Nós vamos deixando umas dicas e tentando pormenorizar os detalhes que mais gostamos que possam ser úteis a quem como nós, adora passear e ver o que de bom há, por muito simples que seja.
WEBSITE: Hotel Minho